AMOR e NAMORO

POLIAMOR – A FALTA DO AMOR PRÓPRIO

Não existe nada melhor do que a expressão do amor verdadeiro. Bem sabemos que o amor próprio e o amor de Deus estão conciliados no coração de todos nós, mas será que estão ativos?
Temos vivido tempos onde os seres humanos querem e precisam ardentemente de serem aceitos e amados como são, ou como estão.

POLIAMOR, UMA CATÁSTROFE NATURAL

Agora está surgindo a nova moda entre as pessoas, conhecida como Poliamor.
Poliamor é o “amor compartilhado” ou “amor múltiplo” onde os envolvidos amam (de todas as formas possíveis) mais de uma pessoa e tentam comparar esse amor carnal com o amor fraternal.

Os praticantes do Poliamor acham que o sentimento de amor por seus parceiros é o mesmo dividido desde nossa infância entre qualquer indivíduo e seus pais (ou irmãos), porém, tenho certeza que esses novos filósofos do amor nunca transaram com seus pais ou beijaram depravadamente seus irmãos. Portanto, estão totalmente errados e enganados em suas teorias.

POLIAMOR, A MENTIRA DO DIABO

Ao analisar os praticantes do Poliamor podemos perceber que são idealistas, confusos, desvalorizados e egoístas, do tipo:
“se você me quer saiba que eu amo outra pessoa, as regras da relação são minhas, mas não se sinta preso à mim porque não há regras.”

As pessoas que praticam o Poliamor não se sentem preenchidas ou completas. Ambos precisam de mais de um parceiro para se sentir agraciado ou agradecido.
Todo ser humano é completo quando encontra alguém que lhe satisfaça, mas os praticantes do Poliamor não encontram valores em si mesmos, não se sentem satisfeitos consigo mesmos e precisam do máximo de atenção para se sentirem especiais.

POLIAMOR, A PUTARIA ESCONDIDA

Se mais de dois amantes vivem juntos devem ser como robôs ou se suportam apenas para convencer a si mesmos que estão certos em seus idealismos.
Qualquer um que conhece uma mulher de verdade sabe que ela não consegue admitir que outra pessoa esteja tomando seu espaço, principalmente se for outra mulher, assim como qualquer outro homem de verdade que não aceita ver a sua mulher sendo dominada por outro homem.

POLIAMOR E O INFERNO

Vamos cair na real. Os praticantes do Poliamor nada mais são do que adúlteros, fornicadores e amantes de si mesmos.
Os tempos estão se findando e cada vez vemos essas pessoas dando a minima para o que Deus pensa a respeito deles.
Até quando essas pessoas irão agir como se não temessem a condenação de serem lançados no inferno?

Existe uma grande diferença entre putaria e amor verdadeiro. Pensem nisso!

Anúncios

12 comentários em “POLIAMOR – A FALTA DO AMOR PRÓPRIO

    1. Desculpa minha sinceridade, mas dizer que curtiu um texto por parecer engraçado (sendo um assunto sério), mesmo achando ser TODO errado é o mesmo que arrotar COCA-COLA dizendo que parecia xarope de CONVENÇÃO!

      Curtir

      1. Cara, a única coisa mais sem nexo que o texto é essa resposta ao comentário. Hahaha. Adoro comédia non-sense. Esse ponto de equilíbrio entre a Praça e Monty Python é soberbo. Parabéns aí. Se o Não Salvo n tomar cuidado, esse vai roubar o posto de blog de comédia zuêro das bíblia tudo.

        Curtir

  1. Incrível alguém ter coragem de falar sobre um assunto que desconhece tanto, e rotular pessoas q nunca viu e não sabe nada sobre elas.

    Curtir

    1. Incrível mesmo são as pessoas perderem tempo chutando cachorro morto, de vez investir em coisas produtivas para a Sociedade.

      CORAGEM é tomar uma posição e falar a respeito sem medo da verdade, coisa que não vi neste seu comentário!

      Curtir

  2. admito ter conseguido ler levando a serio… até a segunda linha =D
    só preciso comentar que “mulher de verdade” e “homem de verdade” … sao termos que temos que ser incrivelmente arrogantes pra utilizar dessa forma u.u

    Curtir

    1. Se não consegue levar um assunto a sério, não dê continuidade. Esta é a nossa vida.

      Um abismo leva a outro abismo, diz a Palavra de Deus.

      Se eu não souber o que é ser homem de verdade e não conhecer o que é uma mulher de verdade… de nada vale eu ter nascido e nem de ter me casado!

      Achei ridículo só o fato de ter escrito “u.u”, mas nem por isso resolvi mensurar sobre esta bobeira virtual.

      Curtir

    1. Rancor? Sem cérebro? Asneira? Em que mundinho você vive?

      A minha opinião é bem esclarecedora quando digo que isto é uma tolice, pois quem pratica essa “safadeza oculta” não consegue permanecer e nem se dedicar 100% a 1 pessoa até que a morte os separe.

      Deus está vendo todos os nossos passos e já determinou que cada ser humano deve se relacionar somente com uma pessoa do sexo oposto, tornando-se um CASAL para os restos de suas vidas.

      Tudo que fizerem após isso é de procedência maligna e este pecado já está julgado pela Palavra Sagrada. FIM DE PAPO!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s