AMOR e NAMORO

TERAPIA DO AMOR

TERAPIA DO AMOR

Não sei se você sabe, mas todo casal deve saber compartilhar suas experiências.
Um casal que vive separadamente, sem um compromisso ou uma vida mútua, não tem futuro programado e isto se tornará pior que o destino do “Titanic”.

A verdade é que cada indivíduo deve primeiro aprender a amar a si mesmo para, enfim, aprender a amar o próximo.. como a si mesmo(a)!

O quê isto quer dizer?
Que qualquer pessoa, antes de querer se “apaixonar” ou se “aventurar” amorosamente, deve primeiramente estabilizar a sua vida sentimental. Sentir-se bem consigo mesmo(a), não somente por obrigação e sim por satisfação completa do ser.
Como iremos amar alguém se nunca aprendemos a lidar conosco e nem conhecemos os nossos próprios prazeres, erros ou limites?
Se não tivermos certeza do que somos, nunca entenderemos o que as outras pessoas são, ou representam, para nós. Sem se importar com imperfeições.

Se você trata as pessoas como um objeto qualquer, isto é apenas um reflexo daquilo que você pensa a seu próprio respeito e faz por vingança.
Se coloca as imperfeições como um grande obstáculo, é apenas a forma como lida consigo mesmo(a), sempre se cobrando demais por perfeccionismo.
Se não consegue ter um compromisso sério com alguém é porque teve problemas sérios no decorrer da sua infância e precisa consertá-los urgentemente.

Ei, o título é apenas uma forma de fazer você perceber que pode ter algo de errado em sua vida sentimental, por problemas que talvez não tenha se dado conta, e precisa consertar!

Já ouvi casos de pessoas que tiveram insucesso no casamento e que se tornaram insípidas, ríspidas e muito exigentes. O problema da maioria é que se deram em casamento para tentar fugir de alguma situação desagradável e familiar.

Não adianta tentar se esconder das situações ruins, pois o crescimento, o amadurecimento e a maturidade são decorrentes da solução de problemas.

Todos precisamos de uma vida sentimental estável e paz em nosso interior!

Anúncios

6 comentários em “TERAPIA DO AMOR

  1. Posso pedir um conselho?
    Estou fazendo a terapia do amor,,,reunião das mulheres na quinta-feira..Estou mais sozinha do que acompanhada do esposo…Ele já saiu de casa 7 vezes, e eu sempre dou um jeitnho pra ele voltar…Oro,oro,peço a Deus orientação,,,,mas já não sei se espero mais por ele.Ele sai,não dá um tellefonema….Eu fico sem saber o que fazer..Sinto falta dele..Estou falando pra família que ele foi pra cidade dele resolver algumas pendências….Cansada de tudo…Dá vontade de sair de casa arrumar minha vida por aí….Tenho um filho de 19 anos que não me dá moral…É um bom filho,,,mas quase não conversa comigo…Tem vez que a minha fé está em alta,,outra vez não,,,dá vontade de procurar uma pessoa pelo site de namoro….
    Me oriente…O que fazer?

    Curtir

    1. Olá, querida Raquel!

      Pelo visto você está numa situação muito difícil. Numa frustração que ninguém pode intervir, senão somente Deus. Existe alguma coisa entre vocês que está afastando seu marido de ti? Jamais irei dizer para você escolher outro caminho que não seja de renovar seu casamento, mas ainda existe a necessidade de você ser amada. A maneira correta seria chamar seu marido para uma conversa definitiva e não aceitar que ele dê qualquer escapada. Isso é brecha para investidas do maligno. Se o seu filho ainda mora contigo ele tem a obrigação de te ouvir. Se sua família é da igreja todos que moram em sua casa deveriam ter um acompanhamento de seus líderes religiosos. Não é só você quem precisa de tratamento, mas sim todos que habitam contigo. Se Deus tocou em seu coração para reparar uma brecha em sua vida ou em seu casamento é porque alguma coisa está errada. Cuide para que seu marido não caia em tentação e se ele fizer isso por vontade própria… o jeito será deixar ele viver seus próprios caminhos! Conserte seu casamento enquanto há tempo. Busque resposta da boca de Deus, mas peça ajuda do seu marido. Pelo visto está na hora de vocês refazerem seus votos de casamento ou fazer uma nova lua de mel! Peça orientação para sua líder religiosa. Pergunte para ela o que fazer, antes de tomar qualquer decisão radical. Neste momento, esta é a melhor opção. Fique firme e não busque maiores dores de cabeça pela internet!!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s